E assim eh a vida!

Padrão

Para quem nao sabe, estou mais para a chita do Tarzam do que para a Sandrinha propriamente dito, porque gosto mais de viver no meio do mato pendurada em cipoh do que viver no meio dos predios, asfaltos e essa eh uma das razoes que deixei Sao Paulo, para me entocar bem aqui nesse cantinho no meio do pacifico, onde nao se encontra um predio nem para contar historias. E hoje resolvi mostrar o que aconteceu com a pequena floresta que eu tinha bem ao lado da minha casa, e que agora jah nao existe mais 😦

Os passarinhos estao perdidos hoje, mas nao deixaram de cantar, as geckos devem estar caminhando por essa terra quente com suas patinhas sensiveis, tadinhas!
Mas fazer o que vamos para frente que atras vem gente.

Mudando de assunto jah tirei meu amigo secreto da Meiroca e agora estou ansiosa para mandar meu presentinho! eita diliciaaaa como diz minha amiga Roby!

Outra coisa: a coceira o medico disse que nao foi alergia a carambola, mas sim a medicacao que eu estava tomando para infeccao no rin, o tal antibiotico ciprofloxacina, gente….eu sempre tomei essa jossa e nunca tive alergia e agora tenho?? nao entendo mais nada. Na verdade eu nao gostei da resposta, mas aqui eles dao um tapinha nas costa e vai chorar na cama que eh lugar quente, entao vamos ver quantos dias vai durar isso, ele disse que ia ser couple weeks (algumas semanas), afe!!! semanas?? e Thanksgiving tah chegando e vou estar toda empipocada?? arghhhhhhhhh!!!!

Minha casa no meio da floresta onde seu lobo nao vem
Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us
Essa era linda floresta ao lado da minha casa
Image Hosted by ImageShack.us
Image Hosted by ImageShack.us

Que se tornou isso hoje
Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Mudando de assunto de novo: Essa flor eh unica, para uma amiga unica, pessoa unica, a DORA que deve ser minha alma gemea, jah falei para ela que nos encontramos em outras vidas ou se ela preferir vir nadando ateh aqui a gente se encontra nessa mesma, hehehehe
Para voce com todo carinho e para essa fase em que estamos, que tudo seja passageiro e que um dia possamos rir juntas disso tudo, tomando cafezinho. Nao que eu esteja me convidando a te visitar, naoooo…longe disso, hehehehehe

Ihhhhh rolou paixao, hehehe to fora, sou sandalinha nao, meu negocio eh um loiro de 1.92 de altura, mas a amizade qdo bate eh uma delicia, poder retribuir carinho, tentar imaginar o q a pessoa estah passando, se transportar ateh ela e demonstrar o carinho! Isso se chama amizade!

Image Hosted by ImageShack.us

GRANDES E PEQUENAS MULHERES

Há mulheres de todos os gêneros. Histéricas, batalhadoras, frescas, profissionais, chatas, inteligentes, gostosas, parasitas, sensacionais. Mulheres de origens diversas, de idades várias, mulheres de posses ou de grana curta. Mulheres de tudo quanto é jeito. Mas se eu fosse homem prestaria atenção apenas num quesito: se a mulher é do tipo que puxa pra cima ou se é do tipo que empurra pra baixo.

Dizem que por trás de todo grande homem existe uma grande mulher. Meia-verdade. Ele pode ser grande estando sozinho também. Mas com uma mulher xarope ele não vai chegar a lugar algum.

Mulher que puxa pra cima é mulher que aposta nas decisões do cara, que não fica telefonando pro escritório toda hora, que tem a profissão dela, que o apóia quando ele diz que vai pedir demissão por questões éticas e que confia que vai dar tudo certo.

Mulher que empurra pra baixo é a que põe minhoca na cabeça dele sobre os seus colegas, a que tem acessos de carência bem na hora que ele tem que entrar numa reunião, a que não avaliza nenhuma mudança que ele propõe, a que quer manter tudo como está.

Mulher que puxa pra cima é a que dá uns toques na hora de ele se vestir, a que não perturba com questões menores, a que incentiva o marido a procurar os amigos, a que separa matérias de revista que possam interessá-lo, a que indica livros, a que faz amor com vontade.

Mulher que empurra pra baixo é a que reclama do salário dele, a que não acredita que ele tenha taco pra assumir uma promoção, a que acha que viajar é despesa e não investimento, a que tem ciúmes da secretária.

Mulher que puxa pra cima é a que dá conselhos e não palpite, a que acompanha nas festas e nas roubadas, a que tem bom humor.

Mulher que empurra pra baixo é a que debocha dos defeitos dele em rodinhas de amigos e que não acredita que ele vá mais longe do que já foi.

Se por trás de todo grande homem existe uma grande mulher, então vale o inverso também: por trás de um pequeno homem talvez exista uma mulherzinha de nada.

Martha Medeiros

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s