Passar por um parto normal voce tem que ter forca na peruca!!!

Padrão

Ei porva, algumas meninas me perguntaram se quando eu tive o Rapha se foi parto normal ou cesarea.
Respondendo a pergunta, foi parto normal, mas puxa a cadeira que la vem historia!

Estive na obstetra por volta de 25 de marco de 1997, e ai ela me examinou e disse q eu nao tinha dilatacao alguma, e que mesmo que fosse cesarea, antes do dia 10 de abril nao aconteceria. Pois bem, no dia 30 para 31 de marco (de domingo para segunda) fui ao banheiro por volta das 11 da noite fazer xixi e vi que tinha um pouco de sangue, entao mais que rapidamente liguei para a medica e ela me perguntou se eu estava sentindo alguma dor, eu disse que nao (pq nao estava mesmo), e ela me mandou deitar e ficar quietinha, se caso eu comecasse a sentir dor que eu fosse para o
hospital e ligasse para ela.
Pois bem, deitei e apos mais ou menos uma hora comecei a sentir uma dor na coluna, nas laterais dos quadris, como se fosse uma especie de caimbra, mas depois passava, entao eu nao liguei para ninguem.
Na epoca me lembro bem, que isso acontecia em media de 10 em 10 minutos, como eu nao conseguia dormir, resolvi levantar pq qdo essa dor vinha eu nao conseguia ficar deitada, como eu tenho pedra nos rins, posso descrever essa dor como uma colica renal, que tiver pedra no rin e jah teve colica renal vai saber como eh as contracoes de um parto 🙂
E assim foi diminuindo o tempo das contracoes, comecei a prestar a atencao e olhar o relogio e isso foi caindo para 5 minutos e caindo mais, eu nao sabia se era a hora de ter o bebe, pq eu nunca tinha tido um filho e tambem nao era uma dor que eu nao pudesse suportar, eu achava que a dor seria lah…lah…lahhh onde tem o ceu, a lua e o paico no meio da rua e nao nas costas hahahahahaah
Mas tem uma explicacao para isso, eu estava sentindo contracoes, mas nao tinha estourado a bolsa d’agua ainda, por isso a dor era suportavel. Sei que fiquei nesse lenga lenga ateh as 4 e meia da manha, cada vez que eu sentia uma contracao dessa eu me segurava no batente da porta que eu soh nao arrancava porque nao tinha forcas, porque era uma dor infernal, mas ainda suportavel.
Uma coisa engracada que me lembro foi que eu vi uma barata na parede,(segredo: eu tenho pavor mortal de barata, eu fico estericaaaaaaa quando vejo uma barata, mas nessa noite a dor das contracoes eram tao fortes que eu nao sabia se eu matava a barata ou se eu segurava o batente da porta devido as contracoes que jah estavam de um em um minuto, hahahahahaha!!!)
Na verdade eu estava com medo de ir ao Hospital, quando a gente eh leiga nao sabemos o que fazer. Sei que quando foi as 5 da matina o pai do Rapha acordou, pq eu nao tinha feito barulho a noite toda, tinha ficado ali mordendo batentes e perguntou o que estava acontecendo, eu disse que estava sentindo dores de um em um minuto, ele ficou aparavorado e disse vamos correr para o hospital porque deve ser a hora do bebe nascer!!!
Eu disse que talvez nao fosse, ele disse que se nao fosse voltariamos para casa, simples nao? pois bem…pegamos o carro rumo ao hospital, uma garoa fina , tipica de Sampa, quando eu entreamos na maternidade eu estava sangrando novamente, e com contracoes com menos de um minuto, me deram uma toalha de banho para por entre as pernas e me levaram para a sala da medica para uma obstetra de plantao ver se eu tinha a dilatacao correta p um parto normal.

Ahhhhhhhhhh, foi ai que a porca torceu o rabo!!! a enfermeira mandou eu subir na cama e arreganhar as pernas para ser examinada pela medica. Ahhhh fia, qdo eu deitei e abrir as pernas, comecaram as contracoes de novo eu pulei feito macaco dessa cama, hahahahaha
A enfermeira ficou puta da vida, me deu uma bronca, gritando:
_ Voce estah louca?????? voce nao pode pular desse jeito, e nos precisamos te examinar para ver se voce tem dilatacao suficiente.

Negaaaaaaaaa!!!!! quem tah sentidno dor aqui sou eu, deita voce nessa cama e arreganha as pernas! pq eu nao consigo de maneira nenhumaaaaa!

A gentileza acabou na hora neh??? sei que esperaram um cadim e eu consegui deitar, qdo eu deitei a medica olhou e disse:

_Corre para a sala de parto que o bebe tah nascendo e ela tah perdendo sangue!!!

Afe fia!!nao deu tempo nem de fazer a tal de tricotomia (que eh a raspagem na bichinha 🙂 termo tecnico: Tricotomia: raspagem dos pêlos pubianos e o Enema nada mais é q a lavagem intestinal antes do parto. Estes dois procedimentos não estão sendo utilizados mais em diversas maternidades) ainda bem que eu tinha depilado a bichinha todo santo dia durante a gravidez 🙂
Sei que entrei na sala do parto, me colocaram soro, fio para tudo quanto eh lado, aquela camisolinha infame com abertura nas costas, e mandaram eu deitar e arreganhar as pernas, sei que nisso jah tinha anestesista, enfermeiros, medicos tudo pronto para ver o circo 🙂
Sei que a medica me deu uma anestesia peridural, essa disgrama lah no perineo que todo mundo sabe onde eh, jisuis…eu vi estrela em plena 6 e meia da matina hahahahahaha
E ateh ai a missa nao tava na metade, a medica pega uma especie de palito de churrasco, mas em forma de agulha, bem fininha e cumprida e ploft! estoura a bolsa d’agua….simples nao?? ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh eh exatamente ai que nois geme sentindo dor mermo, eh ai que nois prova que nois eh macha a sangue frio hahahahahahha soh rindo mesmo, e o pior eh saber que passarei tudo de novo, eh mole???
Pois bem, quando a medica estourou a bolsa d’agua ai sim eh que comecei a sentir uma dor lascada, infernal, uma pressao na boca do estomago e no peh da barriga, porque nessa hora o estomago tem boca e a barriga tem peh. soh quem jah passou por isso sabe do que estou falando, nessa hora jesuis tem nome de genesio, juao, o raio que o parta, mas deixa eu sair daqui!!!!! 🙂
Eu estava amarrada na cama e de repente a unica coisa que me vinha a cabeca era apelar pela cesarea porque eu achava que nao sentiria dor, e comecei a gritar:
_Eu nao quero sentir dorrrrrrrrrr!!! por favor!!1 quero fazer uma cesarea!!!! e ai fia eu chacoalhava naquela mesa de cirurgia mais que garrafa de coca-cola em sol quente querendo sair a pressao.
A enfermeria comecou a dizer que eu tivesse calma e que fizesse forca para o bebe sair, porque era tarde, nao tinha como optar por uma cesarea, o Rapha estava nascendo e se eu nao tivesse ido para o hospital aquela hora ele nasceria onde fosse e eu teria que tomar todas as providencias sozinha, ou seja fazer meu parto sozinha com o pai do Rapha. Afe maria, cala-te boca!

E quem disse que eu tinha forca para empurrar o bebe??? com esse pulmao de bixiga de carrinho que vem em chiclete, tu acha que eu conseguiria expulsar uma crianca soh no sopro?????? tah variando neh???
Pois bem, tu nao tem saida, ou tu vai ou tu….vaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii
A diacha da enfermeira deu um pulo e apertou a boca do meu estomago que eu sou ouvi o grito do bebe chorando.
Afe maria, mae de Deus que o alivio foi imediato!!! parecia que eu tava entalada com um caroco de azeitona e nao havia meio de respirar hahahahhahahahha
E olho para o lado tem um fi da mae com uma camera filmando o circo todo!!! agora to ferrada!! serah que lah embaixo tah tudo bunitim???? serah que alguem vai ver na TV da maternidade minha perseguida????????????????????? jesuis, serah que vou conseguir fazer xixi de novo algum dia na vida??? hahahahahahahaha eu achei que tinha arrancado fora isso sim 🙂

Pois bem, essa novela toda desde que entrei na maternidade nao durou mais que 15 minutos, exatamente! entrei na sala de parto as 6:30 da manha e 6:45 o rapha nasceu! parece uma eternidade mas eh tudo tao rapido que nao dah tempo nem de pensar, qdo voce ver jah foi.

O Rapha nasceu com 2.450 kg, miudinho, o tal do APGAR dele foi 9.0, coloquei uma explicacao enorme ai embaixo para as marinheiras de primeira viagem entenderem o que eh APGAR.
O Rapha nasceu as 6:45 da manha, me mostraram ele, trouxeram para eu dar um beijo nele e depois me levaram para o quarto, eu soh consegui ver o Rapha novamente depois das seis da tarde, passei o dia inteiro preocupada, chorando porque eu tinha medo de roubarem meu filho ou trocarem no bercario. Pode???
Mas me disseram que era porque eu estava com dores e nao conseguiria dar o peito para ele, por isso ele ficaria no bercario ateh eu melhorar.

*Um detalhe importante, eh que depois do parto nos comecamos a tremer, ter um frio digramado, dizem que eh por causa da anestesia.

Dor??? simmm…foi assim: cheguei no quarto sem dor nenhuma, parecia que nem filho eu tinha tido, sabem o que eu fiz?? me colocaram na cama, eu virei…desci a escadinha…coloquei o chinelo no peh e fui arrumar as roupinhas do Rapha, comecei a andar parecendo doida dentro do quarto como se nada tivesse acontecido, de repente…depois de uma meia hora, ahhhhhhh fia…comecou uma dor dos infernos na bichinha, sim…porque a anestesia estava passando, eu tinha levado 5 pontos, e ai eu que odeio injecao, comecei a chorar de dor e a medica veio e mandou me aplicar uma injecao para dor. Eu disse que nao, que nao precisava, mas qdo a dor aumentou eu implorei por essa disgrama de injecao.
Depois das 6 da tarde eu estava melhor, o Rapha veio, parecia um bonequinho, eu nao sabia nem segurar, ai vem todo cheio de fome e a gente faz o que?? taca no peito!!!
eita coisa boa, maravilhosa , ser mae!!! bebezinho mamando, sem dores, tudo indo direitinho, hora de dormir.
Bebe volta para o bercario para voce descansar, porque no hospital voce dorme a noite longe do bebe para descansar, porque quando for para casa, soh Deus sabe qdo dormirah uma noite inteira novamente :-)verdade ou nao eh??

Dia seguinte, ainda no hospital…a dita aqui levanta parecendo uma vaca! com ps peitos enormes, inchados, duros, vasando leite parecendo uma bica, e o bico??? bico??
cala-te boca, se jah vi uma coisa infernal na vida alem dessas que relatei, uma delas envolve bico de peito um dia apos a primeira mamada. Meus bicos estavam rachados!!! doloridos, nao podia nem olhar. E ai quem vem??? o bebe todo bonitinho,cheirosinho, tomado banhinho, roupinha que a mamae escolheu, cheio de fome paracendo um bezerro desmamado e te tacam ele no peito, quem disse que rolava?? que peito que nada, leve esse nene daqui!!!!
Gente, nao havia meio de deixar o Rapha pegar o peito, era uma dor infernal nos bicos dos peitos, que jah estavam inflamados e rachados de uma noite para o dia!!! fiquei nessa ladainha, ele chorava de um lado, eu chorava do outro. E ainda assim mamou um pouquinho, mas a cada uma hora meus peitos enchiam novamente e vazavam feito hidrante em epoca de incendio e taca o bebe para mamar. Isso porque eu usei creme proprio para os peitos desde o sexto mes de gravidez, todo mundo dizia que era bom, que ajudava a nao rachar o bico e por ai vai, adiantou??? nao para mim!

No dia que eu tive o Rapha, tiveram mais 5 mulheres que tiveram bebes, e todas elas eram enormes, mas todas foram atraves de Cesarea, eu era a unica miudinha e foi parto normal. A vantagem do parto normal eh que depois que passou a anestesia, eu senti dor e tomei injecao, passou e estava tudo bem, eu me sentia otima (tirando os peitos eh claro!) eu tomei banho sozinha, comi, levantei, fiz tudo.
Mas a mulherada que teve cesarea, estavam tudo segurando barriga, gemendo, algumas tinham tomado anestesia raquidiana nao podiam mexer a cabeca, depois no dia seguinte nao conseguiam ir ao banheiro, e se voce nao for ao banheiro para as necessidades apos o parto, eles nao deixam voce ir para casa, porque eh bater e voltar, dizem que voce sente uma dor infernal.
E conheci mulheres que tiveram cesarea e nao conseguiram ir ao banheiro no hospital e mentiram para o medico soh para receber alta, e foi bater em casa, depois de algumas horas ou dia seguinte voltaram para o hospital com dor infernal na barriga, ainda mais com pontos.
Sei qeu recebi alta no final da tarde do dia seguinte ao parto e fui para casa, sofri com os peitos, tive que usar por algumas semanas aquela pelicula de silicone no bico do peito, usar pomada anestesica nos bicos para conseguir que o Rapha sugasse mesmo por cima do protetor de silicone, meus peitos tinham muito leite e o Rapha nao mamava tudo, comecaram a der umas partes duras, dizem que o leite estava empedrando e eu tinha que tirar com bombinha, tomar banhos quente, por compressa de pano quente para ajudar a dissolver o leite, e no final, depois de 3 meses eu jah nao tinha mais leite, foi uma pena, o Rapha soh pode mamar pelos primeiros tres meses de vida e cair na mamadeira, espero que nessa gestacao eu consiga ter por mais tempo, se Deus ajudar por ateh um ano.
Do resto foi tudo normal como toda mae age com um filho nos primeiros anos.

Agora nao me perguntem como serah meu parto, porque eu nao sei, se me perguntarem se eu optaria por um parto normal novamente, eu diria que sim por que passei por um parto normal, e depois de dois ou 3 dias voce estah otima, agora dizem qque a cesarea voce nao sente dor durante o parto, mas em compensaca depois voce tem que ter mais cuidado, dores com os pontos, entao eu nao sei.
tenho medo de ter cicatriz na barriga, nao tenho paciencia de ficar muito tempo na cama, quero retomar minha vida normal logo, entao ainda nao sei o que decidir.
queria ler sobre as meninas que tiveram cesarea e ai posso analisar melhor.

Leiam essas informacoes abaixo que pode ajudar a tirar muitas duvidas.

APGAR

O Apgar de cada bebê consta da Declaração de Nascido Vivo, documento oficial brasileiro fornecido obrigatoriamente pelos hospitais aos pais dos recém-nascidos. Todos os pais devem saber qual foi o Apgar de seu filho e qual o significado das notas.

Este índice consiste na avaliação de 5 itens do exame físico do recém-nascido, logo ao nascimento, com 1 e com 5 minutos de vida. Conforme a necessidade pode ser feito com 10 minutos também.

Os aspectos avaliados são:
? cor da pele – o neonatologista observa se ela está rosada ou se está azulada, parcial ou total-mente.
? freqüência cardíaca – verifica-se a presença ou não dos batimentos cardíacos e se estão acima ou abaixo de 100 por minuto.
? esforço respiratório – analisa-se o choro, se está forte, fraco ou ausente.
? tônus muscular – observamos se o bebê tem boa flexão dos membros ou se o bebê está flácido.
? irritabilidade reflexa – verificamos se o bebê reage ou não aos estímulos, com choro forte.

Para cada um dos 5 itens é atribuída uma nota de 0 a 2. Somam-se os escores de cada item e temos o total, que pode dar uma nota mínima de 0 e máxima de 10.

Uma nota de 8 a 10, presente em cerca de 90% dos recém-nascidos significa que o bebê nasceu em ótimas condições. Uma nota 7 significa que o bebê teve uma dificuldade leve. De 4 a 6, traduz uma difi-culdade de grau moderado, e de 0 a 3 uma dificuldade mais grave.

O significado do Apgar é completamente diferente no primeiro e no quinto minuto. O boletim Apgar de primeiro minuto é considerado como um diagnóstico da situação presente. Já o Apgar de quinto minuto e o de décimo minuto são considerados como fatores de prognóstico da saúde neurológica da criança.

Ou seja uma nota mais baixa no primeiro minuto não é tão importante, desde que o bebê seja pronta-mente atendido e a nota do quinto ou décimo minuto seja maior.

O momento do nascimento é crucial para o bebê. O cérebro é o mais delicado e nobre dos tecidos do corpo humano. Enquanto a criança está dentro do útero toda a oxigenação vem pela placenta, através da respiração materna. No momento em que se corta o cordão umbilical, a criança tem de respirar sozi-nha. Quando isto não se dá, o neonatologista tem de agir rapidamente, pois a falta de oxigenação pode levar a seqüelas graves, como por exemplo a paralisia cerebral ou outros problemas neurológicos, se não for rapidamente tratada e revertida. Esta falta de oxigenação chama-se anóxia.

Felizmente, existe um treinamento padronizado em Reanimação Neonatal que foi criado pela Academia Americana de Pediatria e que hoje é ministrado em todo o mundo inclusive no Brasil.

Nele o neonatologista é exaustivamente treinado para reverter uma situação desfavorável de anóxia em no máximo 20 segundos após o nascimento!

Sabemos hoje que infelizmente em muitos casos a anóxia pode ocorrer ainda dentro do útero, antes do nascimento, e nesta situação o neonatologista pouco pode fazer. Aqui entra a importância fundamental de um pré-natal bem feito.

Entretanto, para que se possa diagnosticar a anóxia é preciso que além de uma nota Apgar baixa per-sistente o recém-nascido apresente alterações neurológicas (como convulsões, por exemplo) e determi-nadas alterações sangüíneas comprovadas laboratorialmente.

As crianças com diagnóstico de anóxia perinatal ou com notas Apgar baixas persistentes necessitam posteriormente de acompanhamento mais cuidadoso de seu desenvolvimento neuro-psico-motor. De preferência em ambulatório com profissionais especializados em desenvolvimento neuro-psico-motor.

É importante frisar que a grande maioria dos bebês nasce bem, com boas notas Apgar, sem anóxia! E este é o grande objetivo dos pais e dos profissionais. Para alcançá-lo é fundamental fazer um bom pré-natal, desde o início da gestação, realizar a entrevista com o pediatra no último trimestre da gestação, tudo para prevenir ao máximo qualquer dificuldade.

Tudo para ter um bebê nota 10 !
Recebi alta e fui para casa,


TIPOS DE ANESTESIAS:

Local: Não ha efeito colateral sua aplicação é rapida e eficiente indicada para partos normais sua duração é de 1 hora.

Peridural: No parto normal é aplicada aos poucos e na cesarea aplica-se de uma vez e pode duarr ate 6 horas.

Raquidiana:É usada so na cesarea sua agulha é mais fina e é recomendada qdo o bb precisa ser retirado com urgencia ou no final do trabalho de parto.

Anúncios

»

  1. Ai,Jesus!!Li tudinho,fia…q relato!!Hehehehehe.fico aqui pensando em como sera o meu parto daqui alguns meses…ai,meu Deus!!Bom,mas n da p recuar…entrou,tem q sair,ne?
    ei…e terca ta em cima…baby boy oy baby girl?Hehehehehehe.

  2. Estou aqui na espera da primeira bebezinha, e li varias coisas a respeito de parto normal, gostei bastante de como voce descreveu tudo.
    Espero que seu parto seja tão “tranquilo” quanto da primeira vez!

    Abraços

  3. Tive meus tres filhos por cezarea… tenho pavor de parto normal e nunca foi opçao minha ter parto normal… nao me arrependo.. nao tive dor alguma… horas depois dos partos estava arrumada e maquiada esperando as visitas… dorzinha claro mas mil vezes as dorzinhas que senti mas que eu controlava, que passar por um parto normal onde so vejo cometarios de filme de terror..o segredo e andar muito apos a cesarea e nao ficar na cama juntando gases…. podem criticar mas continuo firme na minha opçao e nunca me arrependi….. Myrian

  4. Tive 2 partos normais e 1 cesarea e posso dizer que mil vezes o parto normal, a rcuperacao e mais rapida seu corpo volta ao normal rapidamente.Cesarea so em casos extremos.
    Felicidades para vce sua linda familia e muita luz!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s