peco ajuda a JUSTICA BRASILEIRA

Padrão

Decidi que a melhor maneira de resolver o meu problema eh usando os meios de comunicacao, principalmente meu blog.

Eu preciso da ajuda de um Juiz, Conselho tutelar, um Advogado, Assistente Social ou qualquer pessoa que possa me dar uma orientacao de por onde comecar.

A minha historia comeca em querer ter o direito de cuidar do meu sobrinho, de dar um futuro melhor para ele, sem falar em te-lo como um filho, proporcionando uma vida estavel, com muito amor, amor de MAE, amor de PAI, de IRMAOS, um lar com muita paz e harmonia, escola, assistencia medica completa, e principalmente o direito de ser crianca.

Esse sao os meus argumentos para que um juiz possa dar o direito a ele a chance de ser feliz e ter uma familia novamente.

Ele pode ter perdido a mae, pode ter um pai alcoolatra que vive nas ruas, um irmao na cadeia e uma irma que fugiu aos 16 anos de casa e que nao podera cuidar dele como uma mae deveria, tendo aos 21 anos dois filhos para criar.

Resumindo ele nao tem muita gente para lhe proporcionar uma vida feliz, mas ele tem a mim a tia dele, que irah fazer de tudo para conseguir fazer essa crianca ter um futuro melhor.

Eu gostaria muito de ter muito dinheiro para ficar indo e vindo ao Brasil e esperar o tempo que fosse necessario para resolver toda a situacao. Mas eu nao sou rica, e por isso eu tenho um trabalho, faculdade, filhos para criar e nao posso largar nada disso para ficar indo e vindo, sem contar que nao posso pagar um advogado no atual momento.

Eu preciso de ajuda para saber onde ir e o que fazer para conseguir a guarda dessa crianca, pois minha irma faleceu e nao teve tempo de fazer um documento para mim. Ela me pediu muito durante os ultimos dias de vida que eu cuidasse dessa crianca, e assim eu quero cumprir o desejo dela. Mas precisarei de muita forca e orientacao de pessoas que possam me ajudar no sentido desses direitos.

Acredito eu que tenho provas convincentes para que um juiz possa acreditar que essa crianca serah feliz em meu lar e que justamente por ser crianca tera facilidades de se adaptar em outro pais ou em qualquer outro lugar que ela seja respeitada como crianca.

Como disse nao somos ricos, mas somos uma familia unida, descente, honesta e temos amor pelos nossos filhos e se podemos ajudar assim o faremos, acrescentando mais uma crianca em nosso lar, especialmente sendo meu proprio sobrinho.

Eu nao posso ir ficar no Brasil um tempo com ele para que um assistente social se convenca de que sou a pessoa certa para ele ficar, por motivos que expliquei acima. Se eu pudesse largar meus filhos e meu trabalho aqui eu iria, mas nao posso arruinar nosso futuro se a justica nao se convencer que sou uma pessoa responsavel pelas minhas attitudes e capaz de ser responsavel por essa crianca.

Tambem sou da justica, me dedico ha anos nessa area, completando agora meu Bacharelado em Justica Criminal.  Entendo perfeitamente o lado da justica e por isso mesmo quero agir de acordo com ela perante essa situacao, gostaria de que a propria justica que tanto respeito me ajude a ter essa crianca e me de a oportunidade de mais uma vez ajudar aquele que precisa de mim nesse momento.

Eu estive mantendo ele por um ano, morando debaixo do mesmo teto antes de vir morar nos EUA, mantive um lar, fraldas, alimentos, amor , morando com minha irma, mas por outro lado infelizmente tive que deixa-los para cuidar da minha vida, construir minha familia, e ele tinha a mae dele (minha irma) para cuidar dele, sendo que eu nao poderia traze-los comigo para outro pais na epoca devido a burocracia da imigracao.

Mas hoje a situacao eh diferente, ele precisa de mim e eu estou aqui para ajuda-lo, soh preciso que a justica ajude ele chegar ateh mim.

Farei o que for ao meu alcance para obter a guarda dele, uma autorizacao para tirar passaporte, autorizacao de viagem e moradia nos EUA.

Dai para frente eu lido com a imigracao, eu preciso economizar dinheiro para ir busca-lo, talvez para comparecer em algumas audiencias que precisar e pagar todas as documentacoes necessarias para que ele chegue ate aqui, por isso nao posso pagar um advogado agora.

Ele tem somente 9 anos de idade, exatamente a idade que eu tinha quando perdi minha mae, e sei que eu nao tinha condicoes para decidir nada na minha vida tendo somente 9 anos de idade, eu simplesmente ia onde as pessoas me faziam promessas de ter um lar, e com o passar do tempo essas pessoas comecaram e me jogar de um lado para outro, como uma mala, e assim foi ateh os meus dezoito anos de idade, quando finalmente eu cansei de houvir de todo mundo que eu vivia de favor e por isso deveria aceitar as condicoes de vida que eles me proporcionavam, amor? carinho? eu nao soube dizer o que era durante 9 anos da minha vida, mas aos 18 anos de idade eu simplesmente coloquei a muchila nas costas e resolvi cuidar da minha propria vida, e se eu fizesse algo de errado eu teria que assumir as consequencias, mas muito pelo contrario, eu estou aqui, viva, feliz, honesta, mae de familia e brigando pelos direitos do meu sobrinho nao passar pelo o que eu passei.

Nao posso deixar o tempo passar porque ele ainda eh uma crianca e eh mais facil de se decider as coisas e de se adaptar, se eu deixar o tempo passar, pode ser tarde demais e eu nao preciso deixar isso acontecer se eu posso contar com a JUSTICA. Eh agora que ele precisa do amor de uma mae, de um pai e de se sentir seguro e de que nada de mal irah lhe acontecer.

Perguntei a ele ao telefone ontem se ele gostaria de vir morar comigo, ele disse que sim. Ele me conhece, sabe que sou a tia dele e ele gosta muito de mim.

Se houver alguem nessa area que possa me dar uma orientacao de onde comecar, eu agradeco imensamente de coracao.

»

  1. nao entende nada de lei mas rezo a deus que te de muitaa forca e muita sabedoria para conseguir lutar pelo seu sobrinho, deus e muito justo e ira cuidar para que seu sobrinho possa ter uma familia e que vc possa ser uma mae para ele.
    Forca
    kamila

  2. Somente, agora, eu li o post. OLha, vc tem todas as condicoes de obter a guarda dele mas, para isso, vc terá que ir ao Brasil. Até por que, nao há precedente na Justica Brasiliera de que o pátrio poder é retirado do pai e dado á tia sem que ela compareça em juizo.
    Tudo que vc gastou com ele tem que ser anexado ao processo. Dependendo do Estado do BRasil, eu tenho amigos que podem te ajudar. Mas, caso ainda nao tenha resolvido, me mande um email que eu te direi as coordenadas.
    No momento, eu estudo Direito da Criança no Brasil já que a minha tese de Mestrado será, provavcelmente, nessa área.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s